"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Evangelho do dia – Pão da vida! - 2ª Semana da Páscoa João 6,1-15

Sexta-feira, 28 de abril de 2017 - 2ª Semana da Páscoa
João 6,1-15
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor. 
Naquele tempo, Jesus foi para o outro lado do mar da Galileia, também chamado de Tiberíades. Uma grande multidão o seguia, porque via os sinais que ele operava a favor dos doentes.Jesus subiu ao monte e sentou-se aí, com os seus discípulos. Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus. Levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?”Disse isso para pô-lo à prova, pois ele mesmo sabia muito bem o que ia fazer. Filipe respondeu: “Nem duzentas moedas de prata bastariam para dar um pedaço de pão a cada um”. Um dos discípulos, André, o irmão de Simão Pedro, disse: “Está aqui um menino com cinco pães de cevada e dois peixes. Mas o que é isso para tanta gente?” 10 Jesus disse: “Fazei sentar as pessoas”. Havia muita relva naquele lugar, e lá se sentaram, aproximadamente, cinco mil homens. 11 Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, tanto quanto queriam. E fez o mesmo com os peixes. 12 Quando todos ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: “Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca!” 13 Recolheram os pedaços e encheram doze cestos com as sobras dos cinco pães, deixadas pelos que haviam comido. 14 Vendo o sinal que Jesus tinha realizado, aqueles homens exclamavam: “Este é verdadeiramente o Profeta, aquele que deve vir ao mundo”.15 Mas, quando notou que estavam querendo levá-lo para proclamá-lo rei, Jesus retirou-se de novo, sozinho, para o monte. - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.
 
Reflexão
O povo sabia que Jesus tinha algo muito importante para oferecer. Queriam ter como alimento a sua Palavra, seu carinho, sua acolhida, seu afeto, seu amor, seu perdão, sua bênção e sua cura. E, Jesus, fonte de misericórdia e amor, ao ver o povo, não ficava indiferente: Ele sempre tinha compaixão por eles. Estar com Jesus... Quanto aprendizado. Como Jesus deve tê-los feito crescer em humanidade... Quanta luz deve ter iluminado as mentes e os corações. Estar com o Amado era simplesmente como que saciar-se por completo. Estar com Jesus significava ter escolhido a melhor parte... Essa não nos será tirada... Escolher Deus é, simplesmente, escolher o melhor... E Jesus queria saciá-los...Ele era o alimento que saciaria a grande fome que aquele povo tinha: fome de Deus. E, Jesus, que nos educa para a rica experiência de partilha, faz a Sua parte: realiza o milagre da multiplicação. Quem sabe, poderíamos assumir mais a atitude do menino que, na sua total fragilidade, entrega tudo o que tem para o bem de todos. Só crer em Deus não basta! Precisamos deixar que ele nos transforme.
 
Oração
Senhor Jesus, fonte de amor que sacia toda fome, sacia minha fome de amor, de acolhida, de ternura, de afeto, de perdão e de cura interior. Ensina-me a confiar apaixonadamente em Ti. Ensina-me a estar Contigo para que possa ser nutrido(a) com a Sagrada Eucaristia, seiva que me faz crescer no amor e na misericórdia. Elimina, Jesus, os “desertos” do meu coração para que não fique árido de ternura e sensibilidade pelos que sofrem ao meu redor. Toca, Senhor, o meu coração insensível, para que eu aprenda a dividir o que tenho, mas, sobretudo, dividir o que sou. A minha maior riqueza seja possuir a Ti, Deus Salvador. Fortalece, Jesus, com Tua doce presença, a minha vida, tantas vezes atribulada, cansada, triste e desnorteada. Que a Sagrada Eucaristia, Teu Corpo e Sangue, seja o meu mais precioso e salutar alimento. Amém.
 
Bênção
Deus te abençoe e te guarde. Amém.
- Ele te mostre a sua face e se compadeça de ti. Amém.
- Volte para ti o seu olhar e te dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-te Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
-----------------------------------------------------
Desejo-te um final de semana maravilho. Participa com alegria da Sagrada Eucaristia ou do Culto Dominical.
Padre Renato dos Santos - SDB


Padre Renato dos Santos - SDB
Comunità Salesiana
Via della Tipografia, 1
00120 - Città del Vaticano
-------------------------------------
Telefone Fixo: 00 (xx) 39 06.6989.9248
-------------------------------------
Lema Sacerdotal: "Ai de mim se não evangelizar". 1Cor. 9,16

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.