"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus chama a atenção para o símbolo do amor de Deus



Solenidade do Sagrado Coração de Jesus chama a atenção para o símbolo do amor de Deus
Após o encerramento de um conjunto de grandes Festas católicas como a Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Santíssima Trindade e Corpus Christi, a liturgia nos leva a contemplar o Sagrado Coração de Jesus. Este ano, a solenidade que é comemorada sempre na sexta-feira da semana seguinte ao Corpus Christi, é celebrada nesta sexta-feira, 23 de junho.

O coração de Jesus é mostrado na Escritura como símbolo do amor de Deus: “Beberemos da água que brotaria de seu Coração…quando saiu sangue e água” (Jo 7,37; 19,35). Jesus é a Encarnação viva do Amor de Deus, e seu Coração é o símbolo desse Amor.
Foto: Maurício Sant’Ana/CNBB
“Falar do Sagrado Coração de Jesus a gente lembra de quando celebramos o Ano da Misericórdia que dizia que Jesus é o rosto da misericórdia do Pai e o Sagrado Coração de Jesus é a fonte dessa misericórdia. No evangelho do dia Jesus diz: ‘Vinde a mim, vós todos que estais cansados e abatidos. Vinde confiai ao meu coração porque o meu coração é manso e humilde, ”, ressalta o bispo da diocese de Parnaíba (PI), dom Juarez Sousa da Silva.
A devoção ao Sagrado Coração teve início com São João Eudes e Santa Margarida Maria de Alacoque, no século XVII, embora a devoção remonte aos séculos XIII e XIV, com a primeira aprovação pontifícia no século seguinte. No ano 1856 o Papa Pio IX estendeu a festa a toda a Igreja e em 1928 o Papa Pio XI concedeu à devoção a máxima categoria litúrgica, de solenidade.
“Hoje celebramos esta festa que traz para nós esse sentimento tão profundo de confiança em Deus, confiança no seu amor misericordioso por nós, esse amor que vai até o fim como diz o evangelista Mateus: ‘Tendo amado os seus que estavam no mundo amou-os até o fim’. Daí nós celebramos esta festa com grande alegria, esperança e confiança em Cristo Jesus que, não obstante os nossos pecados, fraquezas e crises que passamos, somos convidados por Ele a não perder a confiança e não perder esperança”, destaca dom Juarez Souza da Silva.
Toda esta atitude litúrgica da Igreja tem a finalidade de estimular a prática cristã na celebração da festa do coração de Jesus.
Apostolado da Oração
O Apostolado da Oração é um movimento religioso composto por leigos católicos que trabalham na evangelização das famílias com especial devoção ao Sagrado Coração de Jesus. É através da oração pelo oferecimento diário e pela fidelidade à igreja, que o Apostolado leva a palavra de Deus.
“Queremos saudar com muita satisfação e admiração as associações e zeladores do Apostolado da Oração, um grupo que há mais de 100 anos aqui no Brasil, nas dioceses garantiu a fé do povo. O Apostolado garantiu através da sua fé profunda em Cristo Jesus, no seu Sagrado Coração, na sua consagração ao Coração de Jesus, ao mesmo tempo, através da oração”, lembrou dom Juarez.
Oração – Oferecimento Diário
Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje. Minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de teu Filho Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo que guiou a Jesus seja meu guia e meu amparo neste dia, para que eu possa ser testemunha do teu amor.
Com Maria, Mãe de Jesus e da Igreja, rezo especialmente pelas Intenções do Santo Padre para este mês:
Geral: Para que prevaleça entre os povos uma cultura de diálogo, de escuta e de respeito mútuo.
Missionária: Para que nos ambientes onde mais se percebe a influência do secularismo, as comunidades cristãs possam promover com eficácia uma nova evangelização.
Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

http://cnbb.net.br/igreja-celebra-a-solenidade-do-sagrado-coracao-de-jesus/

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.