"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Consagrados: Andarilhos e Testemunhas do Reino

Dom Roberto Francisco Ferrería Paz

Consagrados: Andarilhos e Testemunhas do Reino

Dom Roberto Francisco Ferreria PazBispo Diocesano de Campos  (RJ)

Neste domingo junto a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora ao Céu, festejamos a vocação a vida consagrada. Tem sentido esta associação, pois, Maria a Mãe de Jesus é modelo de entrega e plena doação a Deus na missão singular de trazer ao mundo ao Salvador.

De veras o sim de Maria apresenta o consentimento perfeito e a resposta mais generosa a iniciativa do projeto libertador do Pai. Os consagrados espelhando-se na humildade da serva do Senhor realizam as maravilhas de Deus que soerguem os pequenos e famintos escrevendo a partir da graça divina uma nova história.
Seguindo com um coração indiviso a Jesus o Redentor e nosso Irmão compassivo através dos votos da pobreza, castidade e obediência na força e parresía do Espírito Santo se constituem em sinais vivos e explícitos do Reino de justiça, amor e paz que celebra a Aliança definitiva de Deus com a humanidade.
Na alegria e ternura de uma vida partilhada e dada para a dignificação e promoção integral da pessoa humana como filho de Deus, e irmão/ã da fraternidade universal e de toda criação, os consagrados nas diversas e diferentes formas e caminhos de servir ao Reino: como eremitas, monges, frades, irmãs, virgens, leigos consagrados, consagrados seculares, todos testemunham o valor absoluto e supremo do Deus Amor, do Deus Esposo e Pai da Misericórdia. São como afirma o documento de Aparecida, especialistas em comunhão, revelando o dom da vida comum, compartilhada, da nova família do Reino, firmada no vínculo da fé e da caridade. 
Nos ajudam a respirar o ar da eternidade diante do materialismo e a ganância desmedida, revigorando a nossa esperança e fazendo-nos redescobrir  a capacidade de sonhar mundos novos e alternativos onde a pessoa humana liberta por Cristo seja o centro.
Precisamos de consagrados, pois eles como treinadores e motivadores espirituais nos estimulam a darmo-nos por inteiro, sem reservas, buscando a santidade total, na caridade perfeita da solidariedade e do ágape fraterno que inclui a todos/as em especial os mais pobres. Que o Senhor da Messe continue a chamar estes operários/as  tão nobres e despojados, que com a sua sede de Deus nos empolgam e nos fazem desejar novos horizontes e descansar como dizia Santo Agostinho na beleza eterna do Pai.
Que Nossa Senhora Assunta no Céu derrame copiosas graças sobre os irmãos/ãs  consagrados/as para que tenham numerosas e santas vocações para glória de Deus e serviço generoso e abnegado do seu Reino. Deus seja louvado!
http://www.cnbb.org.br/artigos-dos-bispos-1/dom-roberto-francisco-ferreria-paz-1/17119-consagrados-andarilhos-e-testemunhas-do-reino

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.