"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Evangelho do dia – Pão da vida! - Santa Clara

Estamos na Semana Nacional da Família. Rezaste pela tua família?
“A espiritualidade cristã na família: um casamento que dá certo”!
 
Evangelho do dia – Pão da vida!
Terça-feira, 11 de agosto de 2015 - Santa Clara
Mateus 18,1-5.10.12-14
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. — Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?” Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles e disse: “Em verdade vos digo, se não vos con­ver­terdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. Quem se faz pequeno como esta criança, este é o maior no Reino dos Céus. E quem recebe em meu nome uma criança como esta é a mim que recebe. 10 Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus vêem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus. 12 Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu? 13 Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam. 14 Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos”. - Palavra da Salvação.        - Glória a vós, Senhor.
 
Reflexão
Infelizmente sofremos de uma doença grave: A tentação de grandeza e poder. Para aparecer e poder ocupar os primeiros lugares alguns são capazes de vender a alma para o diabo. Há pessoas com esta doença em todos os segmentos da organização social, religiosa, política, educacional, etc. Até os discípulos estavam imbuídos desta “febre”. Tentaram a Jesus perguntando quem seria o maior no Reino dos Céus. E Jesus, que não se deixava levar por pretensões mesquinhas, dá uma resposta à altura da pergunta: Ele já deixa bem claro que o Reino dos Céus não será para orgulhosos, arrogantes, mas, para quem se faz como criança. Ninguém é superior a ninguém. Todos temos responsabilidades diferentes. O maior poder perante Deus foi, é, e será, sem sombra de dúvidas, o poder serviço. Será grande diante d’Ele, aquele que serve. A dimensão do serviço na vida de um cristão autêntico desmontará qualquer tentação de poder de mando e de usurpação. Diante de Deus nunca caberá a fraude, a vaidade, a aparência. Aquele que serve, sempre se colocará em posição de igualdade. Quem serve, em dimensão verdadeiramente evangélica, nunca pretenderá tirar vantagens pessoais. Será sempre prazeroso servir as pessoas como se estivesse servindo ao próprio Deus, que se manifesta nas pessoas servidas. Será sempre maior perante Deus aquele que se faz pequeno, sem segundas intenções.
 
Oração
Senhor Jesus, Tu que vieste não para ser servido, mas para servir, ensina-me a colocar a vida a serviço da vida. Faze que a minha capacidade de servir seja, efetivamente, para defender a vida de Teus filhos e filhas mais fragilizados. Auxilia-me em meu processo de conversão interior. Na arte de fazer o bem, não seja nunca o orgulho e a  arrogância a me mover interiormente. Faze-me como criança! Elimina em mim a tentação de levar vantagens pessoais. Quebra em mim toda tentação de superioridade. A opção interior de servir Ti, na pessoa de cada irmão e irmã, possa ser minha maior alegria. Ajuda-me a ser servidor(a) da vida para resgatar vidas. Amém.
 
Bênção
- Deus te abençoe e te guarde. Amém.
- Ele te mostre a sua face e se compadeça de ti. Amém.
- Volte para ti o seu olhar e te dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-te Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
-------------------------------------------------
Desejo-te um dia de muito serviço em favor dos mais necessitados.
Aceita meu abraço forte.
Padre Renato dos Santos – SDB - No ano do Bicentenário do nascimento de São João Bosco - o Santo dos jovens.


Padre Renato dos Santos - SDB
Rua Padre Honorino João Muraro, 208
Vila Carli
CEP 85040-050 - Guarapuava - PR
-------------------------------------
Fones:
(42) 3624-2131 / 3624-23-18 / 3624-1422
(42) 9972 0615 ( TIM )
Facebook: Renato dos Santos III
Twitter: @SantosRenatodos
Linkedin: Padre Renato dos Santos
Skype:live:renatodossantos790
-------------------------------------
Lema Sacerdotal: "Ai de mim se não evangelizar". 1Cor. 9,16

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.