"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Evangelho do dia – Pão da vida! - 2ª Semana da Quaresma.

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016 - 2ª Semana da Quaresma.
Lucas 16,19-31
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus aos fariseus: 19 “Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e elegantes e fazia festas esplêndidas todos os dias. 20 Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, estava no chão, à porta do rico. 21 Ele queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico. E, além disso, vinham os cachorros lamber suas feridas. 22 Quando o pobre morreu, os anjos levaram-no para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi enterrado. 23 Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico levantou os olhos e viu de longe a Abraão, com Lázaro ao seu lado24 Então gritou: ‘Pai Abraão, tem piedade de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito nestas chamas’. 25 Mas Abraão respondeu: ‘Filho, lembra-te de que recebeste teus bens durante a vida e Lázaro, por sua vez, os males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado. 26 E, além disso, há grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós’. 27 O rico insistiu: ‘Pai, eu te suplico, manda Lázaro à casa do meu pai, 28 porque eu tenho cinco irmãos. Manda preveni-los, para que não venham também eles para este lugar de tormento’. 29 Mas Abraão respondeu: ‘Eles têm Moisés e os profetas, que os escutem!’ 30 O rico insistiu: ‘Não, Pai Abraão, mas se um dos mortos for até eles, certamente vão se converter’. 31 Mas Abraão lhe disse: ‘Se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, eles não acreditarão, mesmo que alguém ressuscite dos mortos”’. - Palavra da Salvação.      - Glória a vós, Senhor.
 
Reflexão
O fim último da vida humana não se esgota no mundo terreno. Se assim fosse, ela perderia completamente o sentido maior, ou seja, o sentido de transcendência. Jesus nos apresenta os dois grandes momentos da vida: o terreno e o celeste. Não devemos ser irresponsáveis quanto à construção da vida celeste. A salvação eterna vai ser consequência do modo como vivemos a vida terrena. Céu e inferno torna-se uma opção de vida. Cada um constrói o que desejar. Ninguém vai para o inferno por ser rico e, nem para o céu, por ser pobre. Quem opta pelo orgulho, pelo egoísmo, pela não solidariedade, pela mesquinhez, seja rico ou pobre, certamente estará construindo o seu futuro infeliz. Quem opta por ser fraterno, solidário, sensível; quem opta por doar a vida na família, no trabalho, na sociedade, seja rico ou pobre, estará construindo seu futuro feliz. Penso que nosso maior pecado é privar as pessoas da nossa solidariedade. Enquanto estamos vivos, temos tempo para repensar nosso modo de viver. Ainda há tempo para construirmos nosso futuro feliz... Nossa maior vitória será a salvação eterna. Não fiquemos escravos(as) dos bens materiais. São todos passageiros.
 
Oração
Senhor Jesus, tesouro de amor, ajuda-me a alcançar a maior riqueza que é a salvação eterna. Dá-me a graça de participar do banquete celeste, em Tua agradável companhia. Dá-me a graça de nunca ter uma consciência suja, perturbada, confusa e obscurecida pelos erros cometidos. Pelo poder do Espírito Santo, livra-me de ser conivente com práticas desonestas de suborno. Concede-me inteligência reta, que sente prazer em servir a Ti, na pessoa dos Lázaros de hoje. Coloca, Jesus, em meu coração o gosto e o desejo sincero de compartilhar tudo o que sou e tenho. Liberta-me das amarras do orgulho, da vaidade e do indiferentismo. Faze que meu coração seja cada vez mais livre pela graça do desprendimento. A minha maior riqueza seja possuir a Ti Jesus, como Deus Salvador.Livra-me das falsas seguranças e ajuda-me a pensar mais no essencial. Amém.
 
Bênção
- Deus te abençoe e te guarde. Amém.
- Ele te mostre a sua face e se compadeça de ti. Amém.
- Volte para ti o seu olhar e te dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-te Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
-----------------------------------------------------
Desejo-te um dia de muita partilha do que tens e do que és.
Aceita meu forte abraço e minhas preces.
Padre Renato dos Santos - Salesiano de Dom Bosco.


Padre Renato dos Santos - SDB
Comunità Salesiana
00120 - Città del Vaticano

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.