“Formação Catequética de 28/07/2014 a 03/08/2014, Local: Capela de São Marcos – Vila Tatetuba, Horário: 19:30 – sua presença é muito importante." "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé. A realidade tem mostrado que grande parte dos cristãos adultos são batizados, mas não são evangelizados. Daí a preocupação da igreja Católica no Brasil em levar adiante a reflexão do tema "Catequese com Adultos", formando uma nova consciência de cristãos engajados no processo de Evangelização.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!”

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Sugestões para trabalhar temas


Sugestão 01
Objetivo 

Despertar na criança a consciência de que Deus é amor e de que quanto mais amamos, mais o conhecemos. 

Acolhida 

Músicas com gestos: Que bom que você veio; O Amor de Deus é Maravilhoso. 

Oração Inicial 

Partindo do concreto


Dinâmica do spray - Pedir que fechem os olhos e vaporizar um pouco de spray na sala. Perguntar sobre o que sentem e levar à comparação: "Não podemos ver a Deus, mas podemos senti-lo. Nem tudo o que existe de fato, pode ser visto ou tocado." 

A chave 

E agora? Como poderemos conhecer a Deus se não podemos vê-lo? 

A palavra

Resposta: I Jo 4, 7-8.16 Quanto mais amamos, mais conhecemos a Deus. 

Experimentando orando

Música com gestos: "Deus é bom pra mim (2x) Contente estou; caminhando eu vou... Deus é bom pra mim"

Oração: "Obrigado, meu Deus, porque o senhor me ama e é bom para mim. 

Me ajude a lhe conhecer melhor e a experimentar o Seu amor, para que eu também possa amar a todas as pessoas." 

Atividade prática

Convidar os pais para o encerramento deste dia. Colocar ou desenhar um tronco vazio.Distribuir bolas (feitio coração). 
Perguntar aos pais: Como quer que o coração de seu filho saia deste encontro? Sopram, na medida em que pensam. 

Depois de cheio, os pais colocam no coração o nome do(a) filho (a) e as crianças o penduram no tronco. 

Os pais são convidados a contemplar o tronco cheio de corações e a refletir sobre como Deus também deseja ver seus filhos cheios de sua graça, porque Deus é amor. 

Guardando

Quanto mais amamos, mais conhecemos a Deus. 

Encerramento

As crianças ensinam para os pais os gestos da música "Deus é bom pra mim". 
Todos dão as mãos e rezam o Pia Nosso, pedindo que possam levar este amor para casa.

Sugestão 02
Objetivo 

Despertar a consciência de que, em cada encontro, Jesus nos fará conhecer mais a Deus. 

Acolhida 

Cartaz bem bonito de Jesus com as crianças. 

Músicas com gestos: "Eu tenho um amigo que me ama"/ "Jesus Cristo está passando por aqui". 

Partindo do concreto

Olhos vendados, diante de uma caixa com vários objetos. A catequista pega um dos objetos e vai dando pistas (grande, de madeira, serve para...). Ao acertar, a criança dá a vez para outro. 

A chave 

Embora nós não possamos ver a Deus, temos alguém que vai nos dar as "pistas" e vai nos ajudar a conhecê-lo melhor . Quem será esta pessoa, que pode nos fazer conhecer a Deus e ao seu amor? 

Semeando a palavra

Resposta: João 14,8s - Apresentar a passagem em quadrinhos ou de forma dramatizada, enfatizando o desejo de conhecer o Pai (Deus) e a resposta (Só Jesus pode nos fazer conhecer a Deus). 

Experimentando orando

Música: "Fica comigo, Jesus, tua presença é paz. ... é luz ... Senhor, tua presença é amor." Cantar com a mão no coração, pedindo paz; sabedoria (para aprender o que é bom) e amor. Primeiro, para si, depois, para a sua casa. 

Atividade prática

Fazer um lembrete bem enfeitado, com o dia e a hora dos encontros da catequese, pois neles Jesus vai nos ajudar a conhecer a Deus. Colar num ímã e pedir que o entreguem aos pais, para que o coloquem na geladeira. O ímã também servirá para prender a frase do dia: 

Guardando

"Fica comigo, Jesus." ou "Eu quero conhecer Jesus." 

Encerramento

Todos rezam juntos o Pai Nosso, pedindo que Jesus passe pelas suas casas. 
Em formato de trem, cantam a música "Jesus Cristo está passando por aqui".

Sugestão 03
Objetivo 

Despertar na criança a consciência de que ela é conhecida e amada por Deus, pois Ele a criou. 

Acolhida 

Músicas com gestos: Quem fez? Não há Deus maior! Etc. Oração Inicial 

Partindo do concreto

Passeio em volta do local, pedindo que observem toda a natureza (céu, sol, nuvens, chuva, plantas, animais... 

- Apresentar um grande painel em branco e várias figuras, já recortadas, para serem aplicadas por cada criança no painel. (Não use figuras de pessoas.) 

- Perguntar qual delas seria a mais importante e, por fim, anunciar que a mais importante não está no painel, mas na sala, falando o nome de cada criança. 

A chave 

Por que será que de tudo o que Deus criou, as pessoas (cada um de nós) são as mais importantes? 

Semeando a palavra

Resposta: Gn 2,4-5.7 Porque para o homem e para a mulher, para cada um de nós, Deus quis dar a sua própria Vida. Assim como soprou a vida no boneco de barro, Ele quer soprar seu Espírito em cada um de nós, para experimentarmos aquilo que Ele experimenta: paz, amor, alegria, bondade... 

Mostrar um boneco de papel bem fino ou algum tipo de boneco inflável . Soprar sobre o boneco, fazendo-o balançar, mostrando a diferença entre antes e depois do assopro. Assim somos nós: ganhamos a vida de Deus. 

Experimentando orando

Retomar a música Quem fez? Ressaltar os versos: Deus me fez pra me amar e Deus me fez pra te amar . Ou, cantar "Vem, Espírito Santo". Agradecer a vida e o amor e pedir que saibamos amar aos outros. 

Atividade prática

Fazer / recortar 2 bonecos de papel para cada criança, um para ser afixado no painel junto com a frase "Sopra em mim, Senhor, o teu amor" ou "Deus me criou para amar"; o outro para ser levado para casa e entregue a alguém da família com a mesma mensagem. Este último poderá ficar na porta da geladeira durante a semana. O boneco pode ser feito com aplicações de papéis coloridos no lugar das roupas; lã nos cabelos, etc. 

Guardando

"Deus me ama e me criou para amar." ou "Sopra em mim, Senhor, o teu amor." 

Encerramento

Todos rezam juntos o Pai Nosso, pedindo que possam voltar para casa cheios de paz e amor. 

Canto: Eu tenho paz como um rio

Sugestão 04
Várias formas para trabalhar um tema

O material a seguir apresenta diferentes formas de se trabalhar um mesmo tema. O objetivo é ajudar para que, na hora da elaboração de um encontro, você possa lançar mão de diferentes recursos, sem fugir do tema a ser trabalhado. 

É bom ter amigos!

Objetivo: Cultivar a amizade entre as crianças, levando-as a perceber o quanto é bom vivermos unidos como irmãos, pois, afinal, foi assim que o Pai do Céu nos fez. 

Cantos: 
Os cantos apresentados foram colhidos de encontros paroquiais, sendo desconhecidos os seus autores. Vale lembrar o quanto são importantes os gestos e as palmas nos cantos infantis. 

Tão bom! Tão bom! / Maravilhoso é / Que os irmãos vivam em união (bis) / Aperte a mão do seu irmão e dê um sorriso pra ele / Aperte a mão do seu irmão e cante esta canção. 

Amigo (ou, o nome), / que bom que você veio! / Foi Jesus quem te chamou / e você escutou. / Que bom! Que bom! / Que bom que você veio! (bis) 

Hoje é um dia lindo / me sinto contente! (bis) / Levanto e salto / dou meia volta e sento. / Quanto mais andarmos juntos, / amigos seremos (bis) Pois o meu amigo é o seu amigo / e o seu amigo é amigo meu. (bis) 

Aperte a mão do amigo mais perto / Aperte a mão pra cantar lá, lá! (2x) Tra-la-la-lá / Dê um abraço no amigo ... / Dê um sorriso pro amigo ... Bata palmas com o amigo ... 

Passagens Bíblicas: 
Encontro de Jesus com seus primeiros Apóstolos e o desejo dos novos amigos de ficar com Ele.
(Jo 1, 35-42)
O desejo de Jesus de ter as crianças perto de Si como suas amigas e como Ele as toca, abraça e abençoa.
(Mc 10,13-16)
Pedro recebendo a ajuda de Jesus para pescar e dos amigos para carregar a rede.
(Lc 5, 1-7)
Os quatro amigos que se uniram para levar um outro, que estava doente, até Jesus. 
(Mc 2, 1-5)

Brincadeiras:
Quem é? Crianças em roda. Pergunta-se para a primeira: Quem está aqui e é (exemplo) magro, moreno, alegre..." Assim que a criança consegue acertar, ganha um brinde para si e outro para dar ao "amigo descoberto". Todos têm a chance de descobrir um amigo. 

Final: "Quem é que está aqui; que tem um grande amor por todos nós; que nos criou para sermos felizes; que sempre nos olha, mesmo que a gente não o pode ver?" (R: Deus!) "Vamos agradecer a Ele porque nós, agora, temos novos amigos?" Repetindo: "Meu Deus / obrigado por nossos novos amigos / Obrigado porque o Senhor é o nosso maior amigo.Amém!"

Sugestão 05

Várias formas para trabalhar um tema

O material a seguir apresenta diferentes formas de se trabalhar um mesmo tema. O objetivo é ajudar para que, na hora da elaboração de um encontro, você possa lançar mão de diferentes recursos, sem fugir do tema a ser trabalhado. 

Atividades

Tudo o que Deus fez é bom! - Nosso corpo

Objetivo: Levar a criança a perceber que: - ela foi criada por Deus com muito amor; Deus nos fez capazes de realizar coisas importantes com nossas mãos, pés, boca... 

Cantos: Os cantos apresentados foram colhidos de encontros paroquiais, sendo desconhecidos os seus autores. Vale lembrar o quanto são importantes os gestos e as palmas nos cantos infantis. 

Aleluia! (4x) bis / 1-Mão direita, / Mão esquerda, / Com as duas louvamos ao Senhor. / 2-Um pulinho, / Dois pulinhos, / Três pulinhos, louvamos ao Senhor. / 3-Sorrisinho, / Dançadinha, / Todos juntos louvamos ao Senhor (Jesus). 

Cuidado olhinho o que olha (bis), / O Salvador do Céu gosta tanto de você. / Cuidado olhinho o que olha, / Cuidado boquinha o que fala (bis), / O Salvador do Céu gosta tanto de você. / Cuidado ... Cuidado mãozinha o que pega (bis),/ O Salvador do Céu gosta tanto de você. / Cuidado ... Cuidado pézinho onde pisa (bis), / O Salvador do Céu gosta tanto de você. / Cuidado ... Cuidado olho, boca, mão e pé (bis), / O Salvador do Céu gosta tanto de você. / Cuidado ... 

Louvai batendo palmas, / Louvai batendo o pé, / Louvai rodopiando, / Louvai a Deus Javé. / Louvai com a viola ( dig-dig-dig-dig-dom), / Louvai com a sanfoninha (firirim-firirim-fom-fom), / Louvai com o tamborzinho (tarará-tarará-tá-tá), / Louvai com o sininho / (blim-blim-blim-blim -blim -blom). 

Eu sou a florzinha de Jesus (2x), / Abro a boquinha para louvar, / Fecho os olhinhos para rezar. 

Mãozinhas (2x) nós vamos bater, / Depois as mãozinhas pra trás esconder. / No alto (2x) nós vamos bater, / Depois as mãozinhas... Embaixo (2x) nós vamos bater / Depois as mãozinhas... Bem forte (2x) nós vamos bater. / Depois as mãozinhas... Bem leve (2x) nós vamos bater. / Depois as mãozinhas... 

Passagens Bíblicas: a sua escolha
Brincadeiras: a sua escolha
Atividades: a sua escolha

Sugestão 06
Várias formas para trabalhar um tema

O material a seguir apresenta diferentes formas de se trabalhar um mesmo tema. O objetivo é ajudar para que, na hora da elaboração de um encontro, você possa lançar mão de diferentes recursos, sem fugir do tema a ser trabalhado. 

Atividades

Deus criou tudo por amor!

Objetivo: Levar a criança a perceber que Deus é o Pai Todo-Poderoso, Criador de todas as coisas e que Ele criou tudo por amor a cada um de nós. 

Cantos: Os cantos apresentados foram colhidos de encontros paroquiais, sendo desconhecidos os seus autores. Vale lembrar o quanto são importantes os gestos e as palmas nos cantos infantis. 

Quem fez o grande sol? / Quem fez as árvores? / Quem fez os passarinhos? / Quem me fez? (bis) / Deus fez o grande sol para brilhar, / Deus fez as árvores pra descansar,/ Deus fez os passarinhos pra voar / e Deus me fez pra te amar. 

A Palavra do Senhor criou o céu, / a Palavra do Senhor criou o mar. / Lá no céu, a estrelinha fez brilhar / e no fundo do mar, o peixinho fez nadar. / A Palavra do Senhor criou a flor, / a Palavra do Senhor criou o Sol. / No jardim, pôs a flor pra perfumar / e o brilho do sol para a terra iluminar. / A Palavra do Senhor criou o homem, / a Palavra do Senhor gerou a vida. / Fez a terra pro homem habitar / e a vida no mundo fez para respeitar. 

Quem fez as lindas flores? / Bem sei que não fui eu. / Quem fez as lindas flores / Foi nosso Pai do Céu. / Quem deu perfume ao cravo? / Não foi você nem eu, / Quem deu perfume ao cravo / Foi nosso Pai do Céu. 

Se eu fosse um elefante, / com a minha tromba eu louvaria o Senhor. / Se eu fosse um grande urso polar, / com a minha pança, eu iria louvar. / Se eu fosse um peixinho, / lá no fundo do rio eu louvaria o Senhor. / Mas nem elefante, nem urso, nem peixinho eu sou. / Eu sou o que sou, / tenho um coração, / um grande sorriso e uma linda canção. / Se Deus me fez assim, assim vou louvar. 

Deus faz crescer o capim (pim-pim), / Deus cuida dos passarinhos (piu-piu). / E não se esquece das flores, dos frutos e do coelhinho (tlo-tlo). Foi Deus quem fez o galo( có-có), / a galinha e os pintinhos (piu-piu), / o boi, a vaca e o cavalo / e o meu bonito cãozinho (au-au).

Passagens Bíblicas: a sua escolha
Brincadeiras: a sua escolha
Atividades: a sua escolha







Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 12h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!