"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Um outro olhar para o mês vocacional

j0433728
Uma reflexão vocacional, muito adequada à realidade atual da Igreja e do mundo, pode ser feita a partir da leitura de Lc 5,1-11. O evangelista começa contando que alguns pescadores lavavam suas redes às margens do lago de Genesaré. Com estas palavras diz que estavam encerrando seu trabalho naquele dia, frustrados por não terem pescado nenhum peixe. Era de manhã e, apesar disso, estavam pouco animados para o dia que estava apenas começando.

Jesus se faz presente e atuante nesse cenário, convidando aqueles pescadores a uma nova tentativa. Suas palavras despertaram aqueles homens para outra postura, expressa pelas palavras de Pedro: “Mestre, trabalhamos a noite inteira e não pegamos nada. Mas, pela tua palavra, lançarei as redes” (Lc 5,5). No encontro com Jesus e na confiança em sua palavra a história daqueles pescadores se reiniciou com a consequente alegria pelas conquistas alcançadas.
O mês vocacional não é importante apenas quantitativamente, isto é, simplesmente como tempo de fazer propaganda das vocações sacerdotais e religiosas para que sejam mais numerosas. O mês vocacional tem uma importância qualitativa e, nesse aspecto, diz respeito a toda a Igreja e, até mesmo, a todas as pessoas.
O primeiro objetivo do mês vocacional é despertar nos batizados o ânimo e o entusiasmo que lhes são próprios em vista da realização eficaz de sua missão. Pretende transformar o estado de cansaço e desânimo em que muitos cristãos se encontram por causa das dificuldades que a atualidade apresenta, mas também,  pela insuficiente experiência de comunhão com Jesus. Há muitos cristãos só de nome e outros que não se reconhecem como tais, pois nunca experimentaram o que isso significa realmente. A vocação como chamado divino é expressão de um amor que toma a iniciativa, confia e conta com a pessoas. É também motivo de grande alegria e empenho por parte de quem se descobre vocacionado, pois sabe que o seu chamado vem de Deus.
Da mesma forma, o mês vocacional se presta a ajudar todas as pessoas a perceberem que não existem somente para si e que sua vida, colocada à disposição dos outros, pode fazer grande diferença. A atualidade padece a terrível ameaça de não ter verdadeiras lideranças que o sejam por vocação. Isso põe em risco suas estruturas mais necessárias e o bem das pessoas em geral. Assim sendo, o mês vocacional pode colaborar para suscitar e acompanhar vocações para o serviço da comunidade e para a atuação profético transformadora na sociedade.
Olhar para o mês vocacional com outro olhar visa ampliar o raio de alcance de seu significado e de sua importância para os tempos atuais. É preciso acolher com atenção e coragem, deixando-se impulsionar por ela, a Palavra de Jesus dita a Pedro naquela manhã em que estavam lavando suas redes: “Avança mais para o fundo, e ali lançai vossas redes para a pesca” (Lc 5,4).

padre_enidei_evaldo_batista
Pe. Edinei Evaldo Batista
Coordenador Diocesano de Pastoral e
Pároco da Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus

http://www.diocese-sjc.org.br/crer-e-sempre-querer-crer/

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.