"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

quarta-feira, 29 de março de 2017

A fé que é esperança

Dom Adelar Baruffi
Bispo de Cruz Alta


Continuando o percurso catequético de renovação da fé batismal, no quinto domingo da Quaresma lemos a passagem da ressurreição de Lázaro (Jo 11,1-45). Jesus é vida que vence a morte e, por isso, nossa esperança. Fazer o amigo Lázaro voltar à vida foi ocasião propícia que Jesus encontrou para manifestar a si próprio: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá” (Jo 11,25). Em Jesus Cristose concentram todo desejo de vida plena e a esperança para a humanidade. Por isso, pergunta a Marta: “Crês isto?” (Jo 11,26). “Sim, Senhor, eu creio” (Jo 11,27).

Este diálogo nos recorda o rito do batismo, quando é realizada a profissão de fé. Paulo, em suas cartas, apresentou várias vezes a esperança cristã, ligada ao batismo, que nos insere na dinâmica da morte-ressurreição de Cristo. “Batizados em Cristo Jesus, é na sua morte que fomos batizados. Portanto, pelo Batismo fomos sepultados com ele na morte para que, como Cristo foi ressuscitado de entre os mortos pela glória do Pai, assim também nós vivamos vida nova” (Rm 6,3-4). A fé professada em Cristo abre um horizonte de esperança para nossa vida, não somente para a vida pós-morte, mas como horizonte que dá sentido para nosso caminhar cotidiano. Imersos no ritmo de uma vida acelerada, sentimos dificuldades de vislumbrar um horizonte maior. Pior ainda quando nos resignamos ao “aqui e agora” e perdemos a capacidade de sonhar e construir a esperança de um mundo mais justo e fraterno. Se somos criaturas novas em Cristo, somos também colaboradores dele na construção de vidas novas, famílias novas, sociedade nova, relações novas com o meio ambiente. “Não deixemos que nos roubem a esperança” (EG 86), nos diz o Papa Francisco. Na travessia do deserto, quando são tantos os desafios que nosso povo enfrenta, precisamos de pessoas de fé, que mantenham sempre viva a esperança e ajudem a encontrar caminhos para a Terra Prometida. 
 Porém, a esperança cristã também nos aponta para a vida plena, que não se esgota aqui. Pela confiança plena no Cristo ressuscitado, nos diz: “Todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais” (Jo 11,26). Esta confiança é própria dos discípulos de Jesus Cristo, que creem nele e em suas palavras. “Se a nossa esperança em Cristo é somente para esta vida, nós somos os mais infelizes de todos os homens” (1Cor 15,19), nos diz Paulo. Bem nos recordou o Papa Bento XVI, que “o presente, ainda que custoso, pode ser vivido e aceito, se levar a uma meta e se pudermos estar seguros desta meta, se esta meta for tão grande que justifique a canseira do caminho” (SpeSalvi, 1). Os cristãos, com os pés no chão, olham para frente, têm um futuro, pois sabemos que a vida não acaba no vazio. Por isso, no batismo recebemos uma “vida nova”, qual dinamismo que, enraizado em Cristo, nos move a construir hoje, ainda que em sinais, o Reino prometido. 
Enfim, o batismo, pelo qual iniciamos o caminho do discipulado de Jesus Cristo, nos faz criaturas novas. “Se alguém está em Cristo é uma criatura nova. As coisas velhas passaram; eis que nasceram novas” (2Cor 5,17). O Espírito cria nos batizados a dinâmica da esperança. Somos portadores de esperança?

http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20531:a-fe-que-e-esperanca&catid=432&Itemid=204

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.