"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Dom Sergio: “que o povo brasileiro tenha vida neste tempo tão desafiador de crise política e econômica”

Dom Sergio: “que o povo brasileiro tenha vida neste tempo tão desafiador de crise política e econômica”

A 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) foi aberta nesta quarta-feira, dia 26 de abril, durante cerimônia realizada no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, em Aparecida (SP). O arcebispo de Brasília (DF) e presidente da entidade, cardeal Sergio da Rocha, abriu as atividades do encontro anual do episcopado brasileiro e recordou as motivações deste ano, como as celebrações do Ano Nacional Mariano e a comemoração dos dez anos da Conferência do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), realizada aqui em Aparecida, em 2007.

“Neste ano em que celebramos os dez anos da Conferência de Aparecida, que esta assembleia nos ajude a redobrar o empenho para ser uma Igreja de discípulos missionários de Jesus Cristo para que Nele, nossos povos tenham vida, para que Nele, o nosso povo brasileiro tenha vida neste tempo tão desafiador de crise política e econômica”, afirmou o cardeal, recordando o contexto por que passa o país.
Refletindo sobre o Ano Nacional Mariano, instituído para a celebração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora no Rio Paraíba do Sul, dom Sergio deu graças a Deus por este tempo e manifestou a disposição de imitar Nossa Senhora, “sendo cada vez mais uma igreja santa, servidora, misericordiosa, orante e fiel como Maria”.
Fonte e sustentoApesar da cerimônia de abertura, que contou com a participação do arcebispo de Aparecida, dom Orlando Brandes; do prefeito da cidade, Ernaldo César Marcondes; do reitor do Santuário Nacional, João Batista de Almeida, os quais deram as boas-vindas aos participantes, e do núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, que manifestou gratidão ao convite da CNBB e a acolhida dispensada pelos anfitriões, o cardeal Sergio da Rocha ressaltou o início efetivo da Assembleia na missa celebrada às 7h30 na basílica do Santuário. “Assim fizemos expressando a convicção que a fonte e o sustento de nossos trabalhos é sempre a graça de Deus. A nossa esperança de realizar uma assembleia frutuosa está em Deus. Pedimos oração de toda a Igreja no Brasil”, disse.
Os resultados da Assembleia, de acordo com o presidente da CNBB dependem dos esforços e da participação dos membros da entidade em cada momento, assim como a “colaboração de tantos irmãos que se dispõem a servir à Assembleia com tanta dedicação”.
A Assembleia trata-se de uma experiência privilegiada de partilha fraterna, convivência, oração, estudo, reflexão, “que fortalece a unidade, a comunhão com o episcopado, mas também a unidade com o sucesso de Pedro, o papa Francisco”.
Tema central
O tema central de reflexão dos bispos neste ano é a “Iniciação à vida cristã no processo formativo do discípulo missionário de Jesus Cristo”, um tema, segundo dom Sergio, de “profunda qualidade, buscando corresponder aos desafios pastorais identificados neste ano pela missão da Igreja e acima de tudo procurando por em pratica as diretrizes gerais da Ação evangelizadora que nos convocam a ser Igreja: casa da iniciação cristã”.
A solicitude do episcopado brasileiro na 55ª Assembleia Geral da CNBB não se restringe à vida interna da Igreja, se estende à vida social do país, nos seus aspectos políticos, econômicos, cultural, salientou o cardeal Sergio da Rocha, “uma vez que os discípulos de Cristo são chamados a ser sal da terra e luz do mundo”.

http://cnbb.net.br/dom-sergio-que-o-povo-brasileiro-tenha-vida-neste-tempo-tao-desafiador-de-crise-politica-e-economica-2/

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.