"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Tiradentes: o amor cívico e a integridade de um patriota

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)


No dia 21 de abril de 1792, o alferes Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, seu antigo ofício, foi enforcado e esquartejado no Rio de Janeiro. Em 1890, este dia foi considerado feriado por decreto real, e pela lei nº 4897, de 9/12/1965, foi proclamado Patrono Cívico da Nação Brasileira. 
Foi um dos líderes e mentores da chamada Inconfidência Mineira, movimento percursor da independência que se opôs ao imposto que taxava toda a população chamado de "derrama", uma nova ordem tributária colonialista que veio de Portugal através do Visconde de Barbacena. 

Queria-se organizar um levante contra a coroa para proclamar a autonomia de Portugal, declarando uma República com capital em São João del Rei, abolindo a escravidão. Como o movimento era frágil e sem muita base popular, foi reprimido ajudado pela delação de um de seus membros o traidor Joquim Silvério dos Reis, quem, para conseguir a amnistia de suas dívidas de empresário do comércio, entregou seus companheiros ao governador. 
Foram presos, julgados e condenados; a rainha D. Maria I concedeu a todos, excluindo Tiradentes, a mudança da pena de morte por um exílio na África. Tiradentes era o mais pobre e de menor influência no grupo, e em nenhum momento procurou fazer acordos ou negociar a sua sentença mantendo-se na dignidade de sua posição revolucionária e patriótica, fiel e conseqüente a seus ideais. 
Nestes dias, em que nos deparamos com listas intermináveis de cidadãos corruptos que pertenceram aos mais altos cargos de governo e de representação política, o exemplo luminoso e coerente de Tiradentes nos ensina que, quando se pratica a política sem virtudes, ideais e princípios, contrastando com este herói republicano, nos tornamos traidores como Silvério dos Reis que antepôs seu interesse pecuniário ao bem comum da Nação. 
O amor cívico enunciado como linha de ação pelo Papa Francisco, na "Laudato Si", visa formar cidadãos que se importam com seu município e sua cidade, que sabem que o voto não basta, mas que o preço da liberdade supõe um exercício permanente de uma cidadania vigilante e testemunhal. A falta de uma cultura de integridade nos vários níveis e escalões da administração pública nos faz regredir ao tempo da colônia quando éramos vítimas dos ditames arbitrários e injustos da Monarquia. 
A condição de integridade, muito embora deveria ser condizente e exigida como habilitação para a candidatura para um cargo político, impele aos eleitores dos próximos pleitos, a romper com qualquer partido ou candidato que proteja, indique ou disfarçe corruptos que sangram a Nação Brasileira. Deus seja louvado!

http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20616:tiradentes-o-amor-civico-e-a-integridade-de-um-patriota&catid=391&Itemid=204

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.