"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

terça-feira, 26 de setembro de 2017

A Santa Palavra de Deus

Recordando a vida e o trabalho de São Jerônimo, grande tradutor e amante da Palavra de Deus, vamos valorizar de forma toda especial em nossas vidas, em nossas comunidades, em nossos grupos, em nossa Igreja do Brasil, A PALAVRA DE DEUS, A SANTA BÍBLIA. Nosso foco é Jesus Cristo, sua pessoa, suas atitudes, atos, palavras e ensinamentos.
Lemos no Evangelho de São João que “no princípio era a Palavra, e a Palavra estava em Deus e a Palavra era Deus” (Jo 1,1s). E nós sabemos que esta Palavra, era o Verbo de Deus e que este era o Cristo, o Filho de Deus. Por isso que rezamos com o evangelista: “e o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo, 1, 14s).
Que maravilhoso ler o texto do evangelho de Jesus presente em sua cidade de Nazaré e indo rezar na sinagoga no dia de sábado.
Vamos ver o que Jesus faz e diz, acerca da Palavra de Deus. O texto que vamos utilizar é de Lucas 4, 16ss: “Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor. Tendo fechado o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e todos na sinagoga tinham os olhos fitos nele. Então, passou Jesus a dizer-lhes: Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir. Todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que lhe saíam dos lábios…”.
Vemos Jesus rezando e lendo a Santa Palavra de Deus. Ele, a Palavra viva, toma em suas mãos o livro do profeta Isaías para confirmar as Escrituras a seu respeito. Ele, o Deus conosco, “o filho de José”, o conterrâneo de Nazaré, participa de vida religiosa de sua comunidade e segue os princípios litúrgicos de sua comunidade.
Certamente Jesus contou com a educação da fé de José e de Maria que o introduziram nos mistérios de Deus, recordando com Ele as palavras da Sagrada Escritura, levando-o, ainda criança, ao seio da sua comunidade de Nazaré para rezar e ouvir a Palavra de Deus.
Por isso, Jesus, em suas palavras vai ensinando os seus discípulos, apóstolos, amigos e amigas, repetindo as palavras da bíblia judaica que ele tão bem conhecia. É em Jesus que nos espelhamos para viver com alegria e com maior profundidade, neste mês de setembro, a Palavra de Deus.
É o Espírito Santo que conduz Jesus e o faz falar as coisas do Pai. É o Espírito Santo que nos deve conduzir para realizar as obras de Deus.
Amemos, pois profundamente a santa Bíblia, inspirada por Deus e escrita por tantos escritores sagrados que, nos diversos livros, nos fizeram e fazem conhecer a SANTA PALAVRA DE DEUS.
Que bom e que necessário é fazer de nossa Catequese um ressoar da Palavra de Deus!
Começando pela pessoa de Jesus Cristo, luz do mundo, e passando pela vida das pessoas, que seguindo Jesus e sua santa Palavra, enriqueceram o mundo de bem e de vida. Partir sempre da Palavra de Deus é o ensinamento da Igreja Católica para seus filhos e filhas. Em tudo.
Certamente encontraremos pessoas que não aceitam esta Palavra ou até combatem esta Palavra. Isso aconteceu, também com Jesus, em Nazaré, quando o expulsaram da sinagoga. Mas com Jesus, continuaremos a anunciar o Reino de Deus e a vitória definitiva da Palavra de Deus, como lemos no livro do Apocalipse.
E como é importante preparar-se bem para ler a Palavra de Deus em público: nas missas, nas liturgias, nas celebrações, nos encontros, nas orações comunitárias. Como é bonito e importante escutar uma leitura bíblica bem lida: com calma, com clareza, com boa pronúncia, com o tom de voz capaz de ser ouvido por todos, pronunciando corretamente as palavras e fazendo a leitura conforme a pontuação estabelecida.
Todos se alegram por ouvir bem a mensagem que a Palavra traz. Ao contrário, como é triste escutar uma leitura da Palavra de Deus mal feita: truncada, sem pontuação, com erros de leitura, com pressa e sem sentido, dizendo palavras inexistentes no texto, etc.
Amemos, pois, a santa Palavra de Deus. Vivamos, pois, segundo a Palavra de Deus. Deixemo-nos iluminar em nossas ações, decisões, conversas, discursos, opiniões pela Santa Palavra de Deus.
Conservemos em nossa casa, em lugar de destaque a santa Bíblia, lendo-a sempre que possível e ensinando o seu conteúdo para os filhos e filhas, para a nossa família.
Salve a Santa Palavra de Deus! Sejamos homens e mulheres da Palavra e de palavra.
Dom José Valmor Cesar Teixeira, SDB
Bispo Diocesano

Fonte:
http://www.diocese-sjc.org.br/a-santa-palavra-de-deus/

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.