"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

segunda-feira, 27 de março de 2017

O amor abre os olhos do coração

Dom José Gislon
Bispo Diocesano de Erexim

Estimados Diocesanos! A vida e o tempo nos apresentam fatos e realidades que podem abalar a nossa confiança na capacidade das pessoas discernirem entre o bem e o mal. Podemos cair na tentação de achar que o mal, tão popularizado em todas as esferas da sociedade, pode estar vencendo ou superando as ações do bem, realizadas pelos que amparam e cuidam da vida dos mais fragilizados, pelos que conscientizam as pessoas sobre as agressões que sofre a mãe natureza nos nossos biomas e trabalham duramente para que milhares de crianças, jovens e idosos tenham uma vida mais digna no presente e oportunidades de trabalho no futuro, através de uma profissão. 

A indiferença em relação à degradação dos valores que protegem a família, as crianças e os mais vulneráveis e indefesos traz consequências que atingem toda a sociedade. Podemos viver sem vermos ou nos envolvermos com o que está acontecendo ao nosso redor. Podemos optar por agir guiados pela cegueira da indiferença, que nos impede de ver a realidade da vida, com suas coisas bonitas e interessantes, mas também com as feridas que precisam ser tratadas e curadas antes de serem enfaixadas e escondidas.
A indiferença paralisa não só as ações do coração, que se alimentam do amor e da compaixão, mas também nos torna cegos e indiferentes diante do amor do Senhor. Perdemos a capacidade de experimentar o amor de Deus em ação na nossa própria história pessoal e familiar. Esquecendo que Deus vê o coração do ser humano, e o coração é o lugar onde a Palavra de Deus toca a nossa vida, alimenta a nossa fé e nos motiva para a ação, para a prática da caridade, geradora e protetora da dignidade da vida. 
Através da Palavra de Deus podemos interpretar e reinterpretar de modo diverso tantos fatos da nossa vida, que na linha do tempo permaneceram adormecidos. Mas podemos também ser despertados da cegueira da indiferença ao sermos tocados pelo amor do Senhor. Este amor tem a capacidade de abrir os olhos do nosso coração para vermos e contemplarmos a realidade que está ao nosso redor com o amor e a compaixão do coração de Deus.
Tende todos um bom domingo.


 http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20509:o-amor-abre-os-olhos-do-coracao&catid=397&Itemid=204

"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.