"Seja Bem vindo" - "Este é um espaço a serviço do Reino de Deus. Queremos fazer deste espaço um ponto de encontro com a Fé.” Encontros Catequéticos domingo, as 08h30. “Vida sim, aborto não!” "Este site usa cookies para ajudar a fornecer serviços. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies."

quinta-feira, 17 de maio de 2018


A Pessoa Humana e sua história de vida/vocação
 

Objetivo
Ajudar os catequizandos a perceberem em suas vidas a presença e o chamado de Deus.
Material
Sugestão: uma Bíblia, velas, flores, imagem do menino Jesus, Colcha de retalhos, cartão com a mensagem: “Antes de forma-lo no ventre, eu o (a) escolhi” (Jr 1,5), etc.,
Cenário
  • ü  Faça um circulo ao redor da mesa preparada para colocar a Bíblia, a vela acesa, a flor, a colcha, a imagem e/ou outros itens.
Acolhida,
  • ü Receba a todos com carinho e entregue para cada um o cartão com a mensagem.
  • ü Fale do tema do encontro e motive-os a lembrar da data do seu nascimento, pode se colocar um fundo musical.
  • ü  Pegue a imagem do Menino Jesus, no centro do encontro, e diga: “Bendito seja Deus pelo dia (fala o dia do nascimento), dia em que eu (fala o nome) nasci”. E passe para um catequizando. Todos devem fazer esta saudação ao seu nascimento.
  • ü  No final, peça para todos se saudarem com um abraço.


Oração
Senhor, um dia como qualquer outro dia, Tu me criaste e me chamaste para esta vida.
Te agradeço pelo dom da vida. Te agradeço por me trazer aqui neste mundo, nesta era e nesta época. Ajuda-me, Senhor, a oferecer minha vida a serviço e Te encontrar em minha história e na história daqueles que sou chamado a amar. Amém

Tema do encontro
Conteúdo: Procure mostrar e fazer compreender o ser humano na sua dignidade de imagem e semelhança de Deus como ser de relações.

1.   Em tempos de mudança de época
Vamos iluminar este nosso encontro a partir desta história do Padre Fabrizio. Vamos acompanhar juntos.


A Sua Santidade o Papa Francisco:

Santo Padre,

Nas orações diárias que dirijo a Deus, não deixo de rezar pelo senhor e pelo ministério que Deus lhe confiou, para que Ele possa lhe dar forças e alegria para continuar anunciando a boa nova do Evangelho.

Eu me chamo Fabrizio De Michino e sou um jovem padre da diocese de Nápoles. Tenho 31 anos e há cinco sou sacerdote. Desempenho meu serviço no Seminário Arcebispal de Nápoles como professor de um grupo de diáconos, e em uma paróquia em Ponticelli, que se encontra na periferia de Nápoles. A paróquia, recordando o milagre registrado na colina Esquilino, recebe o nome de Nossa Senhora das Neves.

Ponticelli é um bairro degradado por sua pobreza e alta criminalidade, mas a cada dia descubro verdadeiramente a beleza de ver o que o Senhor realiza nestas pessoas que confiam em Deus e na Virgem.

Também eu, desde que estou nesta paróquia, pude ampliar cada vez mais meu amor pela Mãe Celeste, experimentando também nas dificuldades a sua proximidade e proteção. Infelizmente, há três anos eu luto contra uma doença rara: um tumor no interior do coração. Há um mês estou com metástase no fígado e no baço. Nesses anos difíceis, no entanto, nunca perdi a alegria de ser anunciador do Evangelho. Também no cansaço eu percebo, verdadeiramente, esta força que não vem de mim, mas de Deus, que me permite desempenhar com simplicidade o meu ministério. Há uma citação bíblica que tem me acompanhado e me enche de confiança na força do Senhor: “Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo; tirar-vos-ei do peito o coração de pedra e dar-vos-ei um coração de carne” (Ez 36, 26).

Agradeço a Deus também por meus familiares e meus amigos sacerdotes que me ajudam e apoiam, sobretudo quando faço as diferentes terapias, compartilhando comigo os momentos de inevitável sofrimento. Também os meus médicos me apoiam muito e fazem o impossível para encontrar os tratamentos adequados para mim.

Santo Padre, estou me alongando muito, mas só quero dizer que ofereço a Deus tudo isso, pelo bem da Igreja e pelo senhor de um modo especial, para que Deus o abençoe sempre e o acompanhe neste ministério de serviço e amor.

Eu lhe rogo que reze por mim: o que peço todos os dias ao Senhor é que seja feita a Sua vontade, sempre e em todas as partes. Não peço a Deus a minha cura, mas a força e a alegria de continuar sendo um verdadeiro testemunho de Seu amor e um sacerdote segundo o Seu coração.

Seguro de suas orações paternas, o saúdo devotamente.

Padre Fabrizio De Michino

Quase três (3) mil pessoas se reuniram no bairro de Ponticelli para lhe dar adeus na Igreja de Nossa Senhora das Neves, onde ele era vigário. Padre Fabrizio viveu estes sofrimentos nos últimos meses, mas com fé e força interior. Sempre sorrindo, com uma palavra de consolo para os amigos e familiares que estiveram com ele até o último momento.

o   O que mais impressionou você na história de Padre Fabrizio?
o   Em sua história de vida, como você costuma lidar com o sofrimento?

2.   Iluminando com a Bíblia
Vamos abrir nossa Bíblia em Jeremias 1, 4-10.

Refletindo Juntos
Deus chamou Jeremias para apontar para apontar para injustiça social do seu tempo que deixou muitos servindo aos poucos em função das suas dívidas. Deus chama também a cada de nós, nos provoca e nos questiona. Ele nos pede coragem para saber o que Ele quer de nós. Deus não só nos chama, mas nos dá a essência da vida, pois Ele nos viu antes de nascermos. Não esqueçamos deste chamado profundo de Deus até mesmo nas horas das dificuldades e das adversidades,

3.   Partilha da vida e da Bíblia
Vamos fazer esta conversa em trio.
  • ü  O que você acha da postura de Jeremias ao chamado de Deus?
  • ü  Em nossa vida cotidiana, quais desafios que encontramos para responder ao chamado de Deus?
  • ü  Você se lembra de alguma situação em que sentiu muito forte a presença de Deus? Partilhe!


4.   Nossa nova atitude
Somos convidados a defender sempre a vida, pois ela é dom de Deus.
Podemos, como grupo de catequese, pensar em algum gesto concreto para ajudar alguém que esteja precisando de uma visita ou uma conversa sobre o valor da vida. Vamos decidir no grupo.

5.   Para meditar na semana

Vamos meditar nesta semana a partir do Evangelho Segundo Lucas 4,14-22.
Leia novamente o texto e observe as Palavras, o lugar onde acontece o fato, as pessoas e as relações.
Jesus chegou à sinagoga de Nazaré, depois de sua prova no deserto, segundo a narração de Lucas. A cena comunica a síntese e modelo de pregação de Jesus. De início, as pessoas ficam surpresas com o anúncio e a declaração de Jesus como Messias, “Todos começaram a elogiá-lo”.
Como nós, discípulos missionários de Jesus, queremos e devemos proclamar o Evangelho, que é o próprio Cristo?

6.   Celebração
  •       Peça para que cada um fale o que sentiu neste encontro.
                 Convide a todos para a oração
Senhor Deus, Pai e Mãe, eu te agradeço,
Por tudo o que tens feito em minha vida,
Pela alegria de viver, por minha família,
Pelos meus amigos, pelo ar que respiro,
Pelos dons que me deste, pelos relacionamentos
Que possibilitam que eu cresças a cada dia. Amém.

Encerre o encontro pedindo para cada um coloque a mão sobre a cabeça do outro e diga a benção juntos.  

Benção Final
  • v Deus nos abençoe e nos guarde.
  • v Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós.
  • v Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz.
  • v Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

    Fonte:
  • Itinerário II - Catequese com Adultos
  • Itinerário Catequético - IVC
  • RICA
  • Compêndio Vaticano II
  • Comissão Episcopal para Animação Bíblico Catequética  
  • Documento de Aparecida
  • Diretório Nacional de Catequese


"A catequese não prepara simplesmente para este ou aquele sacramento. O sacramento é uma consequência de uma adesão a proposta do Reino, vivida na Igreja (DNC 50)."

Documento Necessário para o Batismo e Crisma

Certidão de Nascimento ou Casamento do Batizando;

Comprovante de Casamento Civil e Religioso dos padrinhos;

Comprovante de Residência,

Cartões de encontro de Batismo dos padrinhos;

Documentos Necessários para Crisma:

RG do Crismando e Padrinho, Declaração de batismo do Crismando, Certidão ou declaração do Crisma do Padrinho, Certidão de Casamento Civil e Religioso do Padrinho/Madrinha e Crismando se casados.

Fonte: Catedral São Dimas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Reflexão

REFLEXÃO

A porta larga que o mundo oferece para as pessoas é a busca da felicidade a partir do acúmulo de bens e de riquezas. A porta estreita é aquela dos que colocam somente em Deus a causa da própria felicidade e procuram encontrar em Deus o sentido para a sua vida. De fato, muitas pessoas falam de Deus e praticam atos religiosos, porém suas vidas são marcadas pelo interesse material, sendo que até mesmo a religião se torna um meio para o maior crescimento material, seja através da busca da projeção da própria pessoa através da instituição religiosa, seja por meio de orações que são muito mais petições relacionadas com o mundo da matéria do que um encontro pessoal com o Deus vivo e verdadeiro. Passar pela porta estreita significa assumir que Deus é o centro da nossa vida.

reflexão sobre o Dízimo

A espiritualidade do Dízimo

O dízimo carrega uma surpreendente alegria no contribuinte. Aqueles que se devotam a esta causa se sentem mais animados, confortados e motivados para viver a comunhão. O dízimo, certamente, não é uma questão de dinheiro contrariando o que muitos podem pensar. Ele só tem sentido quando nasce de uma proposta para se fazer a experiência de Deus na vida cristã. Somos chamados e convocados a este desafio.

Em caso contrario, ele se torna frio e distante; por vezes indiferente. A espiritualidade reequilibra os desafios que o dízimo carrega em si. "Honra o Senhor com tua riqueza. Com as primícias de teus rendimentos. Os teus celeiros se encherão de trigo. Teus lagares transbordarão de vinho" (Pr 3,9-10). Contribuir quando se tem de sobra, de certa forma, não é muito dispendioso e difícil. Participar da comunhão alinha o desafio do dízimo cristão.

Se desejar ler, aceno: Gn 28, 20-22; Lv 27, 30-32; Nm 18, 25-26 e Ml 3, 6-10.

Fonte : Pe. Jerônimo Gasques

http://www.portalnexo.com.br/Conteudo/?p=conteudo&CodConteudo=12

Programe-se

Catequese com Adultos/ Paróquia NSª do Rosário - todo domingo das 08h30 as 10h00 / "Vida Sim, Aborto não!"

" Encontros Catequéticos domingo, as 08h30."

*Catequese com Adultos/ Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Vila Tesouro - São José dos Campos - SP. * "Vida sim, aborto não!

Este blog pode possuir foto (imagem) retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.